Buraco feito na viatura - Foto: Reprodução
Buraco feito na viatura – Foto: Reprodução

Uma viatura do serviço de Atendimento Móvel Urgente (Samu) foi atacada após realizar um atendimento na noite de ontem (01) em uma chácara na Zona Rural em Rondonópolis. Uma Técnica de Enfermagem sofreu ferimentos leves.

Segundo consta no Boletim de Ocorrências (BO) a equipe foi acionada para comparecer ao local, pois havia duas meninas com sangramento. Ao chegar e realizar o exame foi constatado pela técnica que as jovens não tinham nada.

Os atendentes então entraram na viatura e ao fazer a manobra ouviram um barulho vindo de um dos vidros da viatura. Eles notaram que o vidro tinha sido quebrado e que a técnica havia sido ferida nas costas.

Leia também:  Assaltantes roubam motociclista enquanto transitava na avenida Goiânia

A PM foi acionada e ao chegar ao local as duas meninas e um rapaz estavam na área da casa, já o outro envolvido teria corrido e se escondido no matagal, mas vou encontrado logo depois.

Renato Luiz, 19 anos, e o menor E.P.C de 17 foram detidos e encaminhados ao Cisc. Renato e as adolescentes afirmaram que o menor é quem teria arremessado uma pedra contra a viatura.

Um rifle de pressão foi encontrado na casa. O proprietário da chácara foi encontrado e afirmou que teria deixado o menor zelando pelo local, pois o mesmo é usuário de drogas e não teria onde ficar.

ATUALIZAÇÃO

De acordo com um dos integrantes da viatura do Samu, o que teria atingido o veículo não teria sido uma pedra e sim um disparo de arma. Ainda segundo ele, um Perito Criminal da Polícia Civil encontrou na manhã deste domingo um projétil dentro da viatura.

Leia também:  Mulher é presa acusada de matar jovem com golpe de faca em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.