Rondonópolis deve registrar uma alta no número de casos de Tuberculose em relação ao ano passado, observa o técnico do Programa de Hanseníase e Tuberculose do Departamento de Ações Programáticas da Secretaria Municipal de Saúde, Lourenço Ribeiro da Cruz Neto, durante ação realizada nesta segunda-feira (24) em comemoração ao Dia Mundial de Combate à Tuberculose.

Lourenço explica que em 2013 foram registrados 73 casos da doença no município e até o momento as ocorrências indicam um possível acréscimo nos novos casos de Tuberculose até o fim do ano, contudo que Rondonópolis ainda deve permanecer abaixo da média por habitante pontuada pela Organização Mundial de Saúde, que seriam 100 registros da doença ao ano.

Leia também:  Banhistas encontram corpo em meio a pedras na Cachoeira do Escondidinho

O técnico ressalta que até a década de 80 a doença estava controlada, contudo com o advento da Aids cresceu o número de pessoas com Tuberculose em razão da baixa imunidade, consequentemente aumentando as ocorrências, pois um indivíduo pode contaminar entre 10 e 15 pessoas com o bacilo que em 95% dos casos atinge os pulmões.

Durante a semana as unidades de saúde reforçarão a necessidade de cuidados e prevenção à doença que pode levar a morte se não tratada previamente.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.