A atividade do setor de serviços do Brasil passou da contração em janeiro à expansão em fevereiro, puxada pelo aumento de novas encomendas, de acordo com o HSBC. O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do setor subiu para 50,8 no mês passado, de 49,6 no período anterior, feitos os ajustes sazonais.

O indicador mede a atividade do setor de serviços levando em conta itens como emprego, encomendas e preços, a partir de informações levantadas entre cerca de 300 companhias. Leituras acima de 50 indicam expansão e, abaixo, contração da atividade.

Na última semana, o HSBC informou que a indústria brasileira continuou a se expandir, embora num ritmo menor. O indicador que mede esse desempenho saiu de 50,8 para 50,4 no período. Assim, o indicador composto, que agrega indústria e serviços, subiu de 49,9 para 50,8.

Leia também:  Preço do leite pago ao produtor sofre variação e cai em MT

“Embora o PMI sugira que a economia se fortaleceu em fevereiro, acreditamos que ainda é muito cedo para celebrar uma melhora nas condições da economia”, afirmou André Loes, economista-chefe do HSBC no Brasil.

De acordo com o informe do HSBC divulgado pela Markit, em fevereiro, a atividade cresceu em apenas dois dos seis serviços monitorados: intermediação financeira e aluguéis. De uma forma geral, há demanda mais forte relacionada à Copa do Mundo.

O setor de serviços elevou a contratação de trabalhadores no segundo mês de 2014. Embora de forma modesta, o avanço do emprego no setor foi o melhor desde novembro do ano passado. Na indústria, houve saldo positivo de contratações pela primeira vez desde março de 2013.

Leia também:  Crescimento da arrecadação faz déficit primário cair 52,7% em agosto

Quanto aos preços, a inflação no setor de serviços acelerou para seu nível mais forte em três anos, segundo o HSBC. Os preços aumentaram em todos os seis segmentos monitorados, no de hotéis e restaurantes em especial.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.