Sitiantes e assentados da região do Chapéu de Palha, juntamente com vereadores, participaram neste sábado (29) de um almoço de confraternização pelo cumprimento da liminar no último dia 25 de março desfavorável a concessionária Morro da Mesa.

Ronaldo Borges da Silva, mais conhecido com Goiano, explicou que o almoço é uma confraternização pela conquista na suspenção da cobrança de um serviço que não é prestado e uma forma de agradecer aos vereadores pelo apoio, a promotora Joana Ninis do Ministério Público de Rondonópolis (MPE) e a decisão da juíza da 2ª Vara Cível e de Fazenda Pública, Maria Mazarelo Farias Pinto.

Goiano frisou que a decisão da juíza não significa que as cancelas ficarão abertas por muito tempo, mas acredita que é o princípio de uma mudança onde a Morro da Mesa deve efetuar as melhorias na rodovia a qual é responsável pela manutenção. O sitiante espera também que nesse processo a concessionária estabeleça uma taxa diferenciada para os moradores da região.

Leia também:  Setrat deve colocar arcos para evitar caminhões em avenida e ponte da Lions
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.