O diretor executivo da Associação dos Transportadores de Cargas de Mato Grosso (ATC), Miguel Mendes, solicitou apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que deve usar a Tropa de Choque para liberação da BR-364 que foi bloqueada na manhã desta terça-feira (22) por membros de vários Movimentos de Sem Terra.

Na reunião com superintendente regional da PRF em Mato Grosso, Arthur Nogueira, o diretor da ATC obteve uma resposta favorável para a liberação da BR para que o fluxo possa ser retomado normalmente, oportunidade que foi autorizado o uso da Tropa de Choque para desobstrução da via.

Miguel argumentou que existe uma preocupação devido a indignação dos motoristas em ficarem longas horas impedidos de trabalhar, o que trará mais prejuízo maior se somado ao tempo que estiveram parados por causa do feriado prolongado onde os caminhoneiros são proibidos de trafegar. “O bloqueio dos manifestantes pode causar algum conflito com os caminhoneiros que já estão nervosos, tendo em vista que o tempo parado traz prejuízo aos profissionais”, justificou que ressaltou a alta no fluxo de veículos.

Leia também:  Alta Floresta | Casal tem 100% do corpo queimado após explosão com gás em quitinete

Mendes explicou que o superintendente da 2ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Luiz Carlos, será comunicado a qualquer momento e no início da tarde de hoje (22) entrará em negociação com os manifestantes, caso a BR-364 não seja liberado pacificamente a Tropa de Choque atuará para resolver o problema.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.