Policiais observam o bloqueio - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Policiais observam o bloqueio – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Os assentados pertencentes a vários movimentos de sem terra invadiram novamente a BR-364 na manhã desta quarta-feira (23). A Polícia Rodoviária Federal já está no local e iniciou o processo de retirada dos veículos que estão próximo ao local. Os policiais pediram para que os caminhões que estavam próximo ao bloqueio se afastassem.

Acredita-se que assim como o prometido ontem pela PRF é de que possa haver um embate (leia aqui), caso os manifestantes não queiram desocupar a rodovia.

ATUALIZAÇÃO

Às 8h40 – O Corpo de Bombeiros foi chamado e já está no local do bloqueio para dar suporte. As Polícias Civil e Militar também foram chamadas. Neste momento, a PRF aguarda a chegada do chefe da Delegacia em Rondonópolis para dar andamento nas negociações.

Leia também:  Dia das Crianças movimenta comércio em Rondonópolis

Os manifestantes se negam a sair do local sem uma negociação com Incra, mas afirmam que não estão armados e que preferem evitar um confronto.

 

Caminhão do Bombeiro está no local - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Caminhão do Bombeiro está no local – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Às 9h14 – Os manifestantes conversam por telefone com o procurador geral da União, Lucio Mauto, que pediu para que eles possam liberar a BR-364, evitando assim um confronto, já que a PRF está no local para evacuar a pista.

Às 9h39 – Os assentados aceitaram sair da rodovia com a condição de ficarem acampados na lateral, até que o Incra aceite negociar e atender as suas reivindicações. Segundo um dos representantes do movimento, José Vieira, eles vão esperar até o 12h e não descartam um novo bloqueio.

Leia também:  Esporte e Lazer promoverá diversas ações para população no 2º Mutirão da Justiça Comunitária

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.