Beliche onde os meninos dormiam - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Beliche onde os meninos dormiam – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Um incêndio destruiu um cômodo da Casa Abrigo de crianças e adolescentes na tarde desta terça-feira (08) em Rondonópolis. A instituição fica localizada na rua Presidente Costa Silva, bairro Vila Operária e de acordo com o Corpo de Bombeiros, ninguém ficou ferido.

Um dos quartos onde dormem os meninos começou a pegar fogo momento em que não havia nenhuma criança no local. Os bombeiros conseguiram controlar o incêndio antes que ele se espalhasse para o restante da casa.

De acordo com o sargento Romas do Corpo de Bombeiros, houve apenas danos materiais, como perca de colchões, ar-condicionado, telha de PVC entre outros móveis. “Foi um susto, que houve grandes perdas de materiais” diz o sargento.

Leia também:  Barra do Garças | Após denúncia, PM apreende drogas enterradas em terreno
Parte das beliches queimadas - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Parte das beliches queimadas – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Atualmente a Casa abriga 12 crianças que estavam na escola no momento do incêndio.

Até o fechamento desta matéria não haviam respostas do que causou o acidente. As causas do incêndio só serão desvendadas após uma análise da perícia técnica.

APELO

A Casa Abrigo de Rondonópolis tem por objetivo acolher, abrigar, alimentar, educar e acompanhar psicossocialmente crianças e/ou adolescentes que se encontram em situação de vulnerabilidade social, como: abandono, negligência, maus tratos, violências, abuso e exploração sexual ou outra forma de risco à integridade.

Devido as perdas materiais a pedagoga da instituição, Regina Pereira, faz um apelo para aqueles que puderem realizar doações com colchões, guarda-roupa entre outras mobilhas.

Leia também:  Mulher atropelada ao atravessar a rua para ir a igreja morre em hospital

Para os interessados em doar segue o endereço: rua Presidente Costa Silva, bairro Vila Operária, N° 440, “Casa Abrigo”.

Boa parte do PVC foi destruído - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Boa parte do PVC foi destruído – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.