Ex-secretário de Mauro Mendes e fiel escudeiro de Pedro taques, Fábio Garcia pagou com dinheiro público propaganda com a sua foto na revista Veja - Foto: Reprodução
Ex-secretário de Mauro Mendes e fiel escudeiro de Pedro Taques, Fábio Garcia pagou com dinheiro público propaganda com a sua foto na revista Veja – Foto: Reprodução

Mesmo pregando a moralização dos gastos públicos o prefeito cuiabano, Mauro Mendes (PSB) e aliado de primeira hora do senador Pedro Taques (PDT), virtual candidato ao governo de Mato Grosso, não conseguiu impedir o ímpeto do seu ex-secretário de Governo, Fábio Garcia (PSB) e deixou que o rapaz que é genro de um dos mais ricos agro empresários da soja mato-grossenses, Elói Marchetti, e filho do ex-candidato a prefeito de Cuiabá Robério Garcia, estampa-se seu rosto em uma das mais lidas revistas do país, a Veja.

Até ai nada demais já que o jovem tem dinheiro suficiente para bancar a publicação de página inteira no semanário, que segundo especialistas deve custar algo em torno dos R$ 30 mil, por publicação. Acontece que ao que tudo indica a promoção pessoal foi paga pelos contribuintes cuiabanos, já que a conta parece que será paga pela Secretaria de Comunicação cuiabana.

Leia também:  A profecia de Jayme

Para piorar a situação Fábio Garcia deve se lançar candidato à deputado federal nas próximas eleições, o que torna a publicação mais grave ainda, pois seria uma propaganda eleitoral extemporânea paga pelos cofres públicos.

EM TEMPO

O pai de Fábio, o empresário Robério Garcia, é dono da Engeglobal Construções, responsável pelas obras de reforma e ampliação do Aeroporto Internacional Marechal Rondon, Centro de Treinamento da UFMT, obras que tem problemas de execução e não devem ficar prontas para o início da Copa do Mundo em Cuiabá.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.