O deputado estadual Sebastião Rezende (PR) está sendo acusado de ter indicado uma funcionária fantasma para ser a coordenadora de Apoio às Políticas de Incentivos aos Jovens e Mulheres Rurais, da secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf). Esta acusação foi feita pela ex-coordenadora, Nilza Amaral, que afirma que a nomeada para o cargo deixado por ela, Maria Aparecida de Medeiros Moreira, nunca apareceu para trabalhar.

A nomeação de Maria Aparecida foi publicada no Diário Oficial, no dia 28 de março. Nilza explica que a preocupação é de que os trabalhos iniciados por ela no setor da Secretaria estão parados.  “Temos servidores articulados em projetos, coisas em andamento. As pessoas precisam saber para o que estão sendo nomeadas. É assim: começa um programa e para. Troca-se funcionário como troca-se de roupa” dispara a ex-coordenadora.

Leia também:  Sachetti deve migrar para o DEM com missão de não ser mais um "fila do pão"

De acordo com Nilza está entre as responsabilidades do cargo a realização de projetos que visam à melhora da qualidade de vida das famílias rurais, bem como ações que promovam o combate da fome e da pobreza no campo. “Também cabe à função a contribuição para que políticas do governo de incentivo à agricultura possam ser acessadas” comenta.

Em entrevista a um site cuiabano, o secretário de Estado de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar, Luiz Carlos Alécio, afirma desconhecer as faltas da coordenadora nomeada.

FUNCIONÁRIA FANTASMA

Em uma pesquisa feita pela reportagem do site AGORA MT, a suposta funcionária fantasma Maria Aparecida de Medeiros Moreira aparece como uma das doadoras de campanha de Sebastião Rezende. Maria Aparecida fez uma doação no valor de R$ 250 na campanha de 2010, esse dado consta nos registros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Leia também:  Doutor Manoel pode deixar o PMDB e migrar para o Solidariedade
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.