O governo de São Paulo está tentando vender um helicóptero desde outubro de 2013, mas, até agora, não obteve sucesso. O valor inicial mínimo sugerido no primeiro edital foi nada mais nada menos do que US$ 1.022.134,84, cerca de R$ 2,26 milhões. Sem conseguir cumprir a promessa, feita por ocasião das manifestações de junho do ano passado, o governador Geraldo Alckmin baixou o preço da aeronave.
De R$ 2,26 milhões por apenas R$ 1,8 milhão! A venda do helicóptero foi uma promessa feita de Alckmin para cortar gastos no seu governo. Sem a aeronave, o Estado estima economizar R$ 4,5 milhões por ano. Na tentativa de se desfazer do helicóptero já na próxima sessão de leilão, que deve ocorrer em maio, o Estado abateu cerca de R$ 380 mil do valor inicial. Mesmo assim, o interessado em comprar o helicóptero deve estar preparado para realizar um grande investimento .
De acordo com o edital de licitação publicado pelo governo de São Paulo, o pagamento deverá ser feito por meio de depósito à vista — e num prazo de cinco dias.A próxima sessão do processo de licitação do helicóptero está marcada para o dia 6 de maio, às 10h.
Tanto pessoas físicas como jurídicas, brasileiras e estrangeiras, poderão participar do processo de licitação, desde que atendam às exigências estabelecidas no edital.

Leia também:  Pesquisa detecta indícios alarmantes de 10 mil bactérias e fungos em roupas íntimas
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.