Finalista da Superliga com o Sesi-SP, Suelen tem chamado a atenção dos fãs de vôlei no Brasil. Não só pela parte técnica, sendo considerada uma das melhores líberos do Brasil, mas também por atuar visivelmente acima do peso considerado ideal. A atleta de 26 anos se inspira na rival da decisão deste domingo, Fabi, do Rio de Janeiro, e sonha com uma vaga na seleção brasileira de José Roberto Guimarães.

– Acho que todo líbero tem ela e o Serginho como referências. São anos e anos de seleção e pego muito dela essa liderança. Ela escuta o Bernardo, xinga, cobra, é uma liderança. Isso é muito importante para o líbero. Tem a Fabi, a Brait (do Osasco), que estão se revezando há anos na seleção e acho que pelas beiradas vou conquistando um espaço – afirmou.

Leia também:  União e Cuiabá ficam no empate Luthero

Entretanto, ela sabe que para alcançar sua meta de se firmar na seleção vai precisar perder alguns quilos e garantiu que se esforçará para conseguir.

– Para estar na seleção eu tenho que baixar muito meu peso e já tenho isso muito certo na minha cabeça. Vou buscando cada dia mais evoluir nesse aspecto – declarou.

Peça-chave da equipe do Sesi-SP, a líbero conta com a confiança do treinador Talmo de Oliveira, que fez muitos elogios à jogadora.

– Tecnicamente ela tem um bom domínio de defesa, de passe e de levantamento. Ela saca, se precisar atacar, ataca. É uma alegria muito grande poder ter a Suelen na equipe – destacou o comandante.

Leia também:  União aposta em Ricardo para bater o Cuiabá

A decisão da Superliga feminina entre Rio de Janeiro e Sesi-SP acontece neste domingo, às 10h (de Brasília), no ginásio do Maracanãzinho.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.