O Pronto Atendimento passa por reformas nos sistemas hidráulico e elétrico, no pátio e jardins e agora também, vai ter uma porta de acesso específico para pacientes de urgência. Nesta quarta-feira (30) 25 trabalhadores iniciaram a abertura da porta lateral por onde terão acesso daqui para frente os pacientes provenientes de traumas (acidentes) que chegarem com a equipe do Samu. Estas pessoas serão atendidas por cirurgiões plantonistas e ficarão exclusivamente em leitos na ala direita da recepção. Já os infartados ou quem apresenta outros casos clínicos de emergência, continuarão a entrar pelo mesmo lugar, e serão internados nos quartos das alas do lado esquerdo do prédio.

A medida de replanejamento foi para dar uma resposta mais rápida especialmente aos casos mais graves. “A porta que estamos abrindo, com a construção também de uma nova rampa, vai permitir que a unidade trabalhe mais organizada. Quando os acidentados chegarem nós já faremos uma triagem no sentido de identificar se são casos que têm de ser transferidos para o Hospital Regional, ou de escoriações mais leves, que poderão permanecer no PA em observação. Isto só foi possível porque teremos, com as quatro contratações que fizemos, ao menos um cirurgião de plantão em qualquer momento do dia, para ficar exclusivo no setor de traumas”, detalhou Marildes Ferreira, secretária de Saúde.

Leia também:  Temporal deixa casas destelhadas, sem energia e uma pessoa ferida em Rondonópolis

Para a nova composição de alas no setor de pequenas cirurgias e para reforçar os outros setores, o Município está adquirindo várias macas e mais seis cadeiras de rodas para totalizar nove disponíveis aos pacientes no Pronto Atendimento. Investimentos ainda vão ser feitos na climatização e  paisagismo, além de pequenas obras com a intenção de dar mais mobilidade aos funcionários. “O prefeito, que visita o PA com frequência, tanto o adulto como também o Infantil, entendeu que tínhamos de abrir novas portas também na parte interna das unidades para permitir que os enfermeiros e médicos transitem com mais facilidade pelos corredores. Nós já fizemos a compra de novas portas para trocar as existentes, adquirimos novos condicionadores de ar, ventiladores e também estamos trocando azulejos”, citou Marildes, que ainda ressaltou a limpeza e roçagem feitas no lado externo das duas unidades de saúde.

Leia também:  Exposição no Casario traz 17 obras de alunos da Escola Daniel Martins Moura

Mesmo sem a abertura da nova porta, o setor de atendimento exclusivo aos acidentados tem funcionado com mais rapidez, segundo avaliação de Marildes. Só no último sábado, dia 26, o cirurgião plantonista chegou a fazer 50 suturas (pontos). Quanto aos equipamentos de respiração artificial para os boxs de emergência, que foram comprados com R$ 180 mil em recursos provenientes do Ministério Público do Trabalho e repassados pelo Rotary, a secretária garantiu que todos já estão devidamente instalados e funcionando.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.