Foto: assessoria
Foto: assessoria

Na tarde de segunda- feira (28) os vereadores de Primavera Do Leste estiveram reunidos com Coronel da Policia Militar Marcio Thadeu Firme, em pauta segurança pública. Quando questionado em relação aos mecanismos que deveriam ser implantado, para redução do índice de criminalidade na cidade, o ten. cel.; defendeu a aplicação imediata da Lei Delegada, e apresentou inovações como a aplicação do vídeo  monitoramento na  cidade, além da necessidade de  aumento de efetivo e aquisição  de novas  viaturas.

A Lei de legada aprovado pela Câmara dos Vereadores no ano passado, foi barrada em sua aplicação  pelo Tribunal de Contas  do  Estado. Com fundamento de proporcionar horas  extras  de  trabalho e  remuneração  ao  efetivo, de responsabilidade  do município. “A solução  para aumentar  a  efetividade  do  trabalho  policial  em nossa  cidade está  no aumento do  efetivo, recentemente foi  anunciado pelo estado a  destinação de  72  policiais  no pós  copa, destes  35  atenderiam Primavera do Leste  e 35 seriam  distribuídos para  região  de  atuação do Comando da Policia Militar, porém, estamos há  45 dias  para  Copa e ainda não  houve a convocação dos  aprovados  no concurso pelo estado”- explicou o ten.cel. da  Policia Militar Marcio Thadeu.

Leia também:  Alencar deve voltar à gestão Pátio como procurador fiscal

Preocupado com a situação da segurança publica na  cidade  o presidente  da  Câmara dos  vereadores de Primavera do Leste, destacou que veem cobrando a tempos atitudes. “Precisamos de respostas e subsídios por  parte  do governo do  estado responsável pela  segurança  publica, sabemos  que  não é  papel do município está  demanda, mas  mesmo assim aprovamos a  Lei Delegada, e  tudo isso para  segurança  de nossa população” complementando ainda,  “Sabemosque com aaprovação e aplicação da Lei delegada, omunicípioterá quedisponibilizar  condições  e  equipamentos para subsidiar  este  policiais”- destacou o Presidente  que  questionou ainda, “Qual  seria  a  solução em  curto  prazo para  segurança  pública  Primavera do Leste?”  e  obteve  a  seguinte  reposta  do ten.cel; “A aplicação  imediata da Lei Delegada em  curto prazo, estaé única  saída”- destacou MarcioThadeu.

Leia também:  Câmara começa analisar projeto que pode dar fim à repasses para Exposul

“Qual seria a estrutura necessária para  subsidiar  estes  profissionais durante  a  atividade extra proporcionada  pela  Lei Delegada?”, questionou o vereador  Messias Nogueira.  Em resposta ao questionamento o tem. cel Marcio Thadeu justificou “Precisamos de  5 viaturas 4  rodas e 5  viaturas  2 rodas, possibilitando a atuação de duas  equipes de  motocicleta, Comando de  Ação  Rápida (CAR), o  prefeito  garantiu que  o projeto é  prioridade e irá  disponibilizar  toda  estrutura  necessária”, salientou  o comandante.

Durante a reunião inúmeras questões foram explanadas aos vereadores, entre  elas  o funcionamento  da  escala  policial, “ quando pensamos  em  aumento de  efetivo, considerando que  a  escala  é  ininterrupta, precisamos  calcular que  para  um aumento de 10  policias em atividade  24  horas, é  preciso disponibilizar  40 homens  na  escala”- definiu o ten. cel. Marcio Thadeu. Que também aproveitou para comentar da  inauguração da  nova  sede do Comando regional durante  o aniversário da  cidade  e implantação do  sistema  de  vídeo Monitoramento “ é fato que com um novo  espaço podemos  nos  organizar  melhor, e  o  sistema  de  vídeo monitoramento irá  auxiliar todo trabalho da Policia  Militar em Primavera  do Leste, estamos analisando a aquisição de um software, para  cruzamento de informações e analises auxiliando no monitoramento”.

Leia também:  Coder vira pedra no sapato de Pátio na Câmara de Vereadores

Também foi discutida a participação da população para auxiliar o trabalho da  Policia Militar, “destaco as  denuncias , a  população  deve ajudar  o  efetivo policial, as  denuncias  são anônimas  e  podem ser  feitas pelo telefone 0800653939, em nossa  central de  Cuiabá, onde  são  gerados  documentos  e  encaminhados a  nosso  batalhão  para conhecimento e  investigação do serviço de  inteligência local”, finalizou  Marcio Thadeu.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.