Dados do Boletim semanal de análise do milho, divulgados pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) revelam que a semeadura do milho da safra 2013/14 se encerra em Mato Grosso, apresentando duas semanas de atraso em relação à temporada 2012/13.

De acordo com o boletim após a conclusão dos trabalhos a campo pôde ser observado um atraso na área do cereal em relação à última estimativa.

A média de Mato Grosso foi recuada para 85,4 sc/ha, apresentando queda de 2,5% em relação ao relatório de fevereiro e 16 sacas/hectare a menos que na safra 2012/13.

Com a produtividade menor, a produção foi reduzida para 15,23 milhões de toneladas no Estado, cerca de 1,8 milhão de toneladas a menos que a esperada no relatório anterior.

Leia também:  Justiça bloqueia bens de prefeito de Paranatinga acusado de nepotismo

Assim, com a previsão de uma oferta ainda menor que as previstas anteriormente, pode-se esperar impacto sobre as cotações do cereal em 2014.

Todavia, o estudo é concluído mostrando que outras variáveis do mercado, principalmente vindas do mercado externo, deverão ser também determinantes para a movimentação do mercado do milho, sobretudo, para o segundo semestre do ano.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.