Vereador Rodrigo da Zaeli - Foto: assessoria
Vereador Rodrigo da Zaeli – Foto: assessoria

Garantir segurança, qualidade de vida e infraestrutura para as famílias de Rondonópolis. Com este objetivo, o vereador tucano Rodrigo da Zaeli, protocolou requerimento de levantamento das obras de infraestrutura urbana prevista para o Residencial Alfredo de Castro para o exercício de 2014, bem como, o calendário para sua execução. Junto ao documento, foram protocoladas indicações requerendo a análise de viabilidade na instalação de Unidade de Saúde ou Programa de Saúde da Família – PSF, além de Unidades de Educação.

A ativação destes serviços vão garantir mais tranquilidade e comodidade para as pessoas que lá residem e vai possibilitar a qualidade dos serviços prestados em unidades da região, que hoje atende a demanda local e os moradores dos bairros Alfredo de Castro, Ananias Filho, Neuma de Morais e Nova Conquista, sendo aproximadamente 2 mil famílias.

Leia também:  Prefeitura e Unemat assinam convênio para o funcionamento da instituição em Rondonópolis

Rodrigo da Zaeli explica que os problemas na região não atingem somente a comunidade local, pois a falta de serviços públicos, além da dificuldade na mobilidade, compromete e superlota as unidades de saúde dos bairros circunvizinhos e, também prejudicam as crianças que acabam perdendo aula por falta de vagas nas escolas.

“O bairro foi criado sem planejamento, com isso a administração municipal está tendo dificuldades em organizar. Mesmo assim os serviços estão sendo realizados, com estudos técnicos e de forma cautelosa. Os problemas na comunidade são inúmeros, públicos e notórios, sendo imprescindível que o poder público se manifeste e apresente prazos para a execução de melhorias. A falta de alguns serviços está prejudicando o atendimento em bairros próximos, fazendo com que a qualidade fique comprometida”, ressalta.

Leia também:  Cinco militares viram réus após denúncia ao TJ por “grampos”

O vereador solicitou ainda que, caso não seja viabilizadas as obras, sejam tomadas providências cabíveis para fortalecer as unidades de saúde e educação dos bairros vizinhos, no sentido de ampliar as instalações e aumentar o número de servidores. No caso da saúde, aumentar o número de regulações de exames e consultas para a população. Já na educação, aumentar o número de vagas, bem como todo o material de consumo responsável pela alimentação e alfabetização das crianças regularmente matriculadas. Os documentos foram lidos e aprovados durante sessão ordinária realizada na quarta-feira (2).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.