Com tema “Mártires – Grito contra o Tráfico Humano”, a 23ª Romaria dos Mártires, que acontece neste domingo (06) às 16h, terá alteração no percurso e na celebração.

O bispo Dom Juventino Kestering disse que está tudo pronto e são esperadas mais de 10 mil pessoas para a procissão que sairá da Praça da Saudade com destino na Praça do Cais onde acontecerá um celebração, diferente dos anos anteriores que o evento encerrava no pátio da antiga rodoviária.

Outras mudanças serão as encenações sobre os tráficos humano, de órgão e para prostituição que ocorrerão ao longo da procissão e também a participação de todas as paróquias ao longo da romaria, segundo o bispo que será a grande mudança.

Leia também:  Escola pega fogo e alunos ficam sem aula na Vila Operária

Juventino reforçou que a romaria é penitencial, um momento de oração e também é uma forma de gritar contra os casos de tráfico, que acontece principalmente em Rondonópolis.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.