CRB e Rondonópolis se reencontram na primeira fase da Copa do Brasil. Depois de empatarem por 2 a 2 em Mato Grosso, os times decidem nesta quarta-feira, às 20h30m, no Estádio Rei Pelé, quem segue na competição nacional. O vencedor da disputa em Maceió vai enfrentar CSA ou São Paulo na próxima fase.

O CRB está dividido nesta semana. Primeiro, a Copa do Brasil, depois a definição do estadual contra o rival CSA. O discurso no clube está ensaiado. O Rondonópolis merece respeito e atenção, mas o time precisa estar ligado nas duas competições. O Galo entra em campo contra o REC com a vantagem de se classificar com empates sem gols ou por 1 a 1.

– O jogo desta quarta influencia muito no jogo de domingo [contra o CSA]. Uma classificação eleva a moral, os jogadores vão mais confiantes. Em caso de eliminação, vem abatimento, medo de acontecer novamente no domingo. Por isso, temos que trabalhar ao máximo para o jogo desta quarta. Não vamos poupar ninguém, todos que têm condições vão para o jogo – declarou o técnico Eduardo Souza.

Leia também:  União começa neste domingo sonho de voltar à Copa do Brasil

O Rondonópolis é o único time mato-grossense invicto na temporada, foi eliminado nas quartas de final do estadual na disputa de pênaltis após dois empates, e precisa vencer o CRB ou empatar por mais de dois gols para garantir classificação na próxima fase da Copa do Brasil.

Sem jogar uma partida oficial deste o dia 13 de março, quando empatou por 2 a 2 com o CRB em Rondonópolis, o REC fez uma reformulação na equipe e dispensou oito jogadores. Foram dispensados os goleiros Maringá e Sidney, o zagueiro Junior Gaúcho, o lateral esquerdo Alberto e o volante Ronieri. Valtinho e Nenezinho pediram dispensa. E ainda tem o lateral direito Dione, que foi para o Cruzeiro por empréstimo de três meses.

Leia também:  Paranatinga | Atleta de Jiu Jitsu conquista duas medalhas de ouro em campeonato internacional

O árbitro sergipano Claudionor dos Santos Júnior vai trabalhar na partida, tendo como assistentes Ivaney Alves e Daniel Vidal Pimentel, também de Sergipe. O GloboEsporte.com acompanha todos os lances da partida em Tempo Real.

ESCALAÇÕES

CRB: o técnico Eduardo Souza deve confirmar o retorno de Johnnattan ao meio-campo no lugar de Audálio, melhorando a qualidade do passe. Terceiro homem de meio-campo, Bruno Martins também pode substituir Bogé. No ataque, o velocista Marcelo Maciel deve ser titular no lugar de Tozin. Apesar de reclamar de dores musculares, Denílson deve atuar nesta noite. Assim, o time regatiano deve ir a campo com: Julio Cesar; Paulo Sérgio, Rodrigão, Gabriel e Gleidson; Olívio, Johnnattan, Bruno Martins e Diego Rosa; Marcelo Maciel e Denílson.

Leia também:  Apresentador passa mal "ao vivo" em Lucas do Rio Verde

Rondonópolis: para o jogo decisivo desta quarta-feira a diretoria contratou quatro reforços: o goleiro Samir (ex-Cacerense), o volante Jean (ex-Operário), o meia Cléber (ex-Formosa-GO) e o zagueiro André (ex-Formosa-GO).

– Nos reforçamos bem para esta decisão, que é o jogo mais importante do ano até agora. O CRB tem uma pequena vantagem por ter empatado aqui em Rondonópolis, mas sabemos que podemos ir lá e fazer uma grande partida – disse Douglas Brito.
O provável time do REC deve jogar com: Naldo, Maranhão, André, Derson e Sandrinho; Cléber, Léo, Jean e Calado; Andrezinho e Buiu.

QUEM ESTÁ FORA 

CRB: o zagueiro Marcus Vinícius, o meia Geovani e o atacante Jeferson Maranhão seguem entregues ao departamento médico.
Rondonópolis: sem baixas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.