Circula nas redes sociais um vídeo de 53 segundos onde um homem, vítima de acidente, está rastejando no Pronto Atendimento (P.A.) de Rondonópolis por falta de cadeira de rodas, contudo a secretária Municipal de Saúde, Marildes Ferreira, nega as imagens e promete punição aos responsáveis.

No vídeo é relatado que a situação do P.A. é uma pouca vergonha e não dispõe de uma cadeira de rodas para atender o homem que estava aos prantos de dor. Além de depoimentos que o mesmo teria saído do local sem atendimento médico.

Sobre o vídeo a secretária foi enfática em dizer que a situação foi forjada, pois o homem que sofreu o acidente às 13h procurou o P.A. após às 19h e o mesmo se jogou no chão e negou ser carregado em maca ou cadeira, além de ter recusado o atendimento médico.

Leia também:  Hospital Santa Casa deve receber atrasados nesta quarta (1), diz vereadores

Marildes argumentou que diariamente são atendidas 620 pessoas na unidade de saúde e pode ocorrer de alguém ficar descontente, contudo jamais um paciente seria atendido desta forma desumana.

A gestora reforçou que as câmera de segurança do P.A. mostram como ocorreu todo o fato e inclusive possui testemunhas do episódio. Tendo em vista que as imagens denigrem a moral e a responsabilidade nos atendimentos por parte dos profissionais e da gestão, por isso será feita uma sindicância e os autores da publicação responderão judicialmente.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=hejYrySc5VM&list=UUCUete_T6eFKbuUNfvFx40A[/youtube]

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.