Dos 21 vereadores de Rondonópolis, pelo menos seis deles já articulam candidatura a deputado estadual. Dois deles estão praticamente com time em campo. Um deles é o presidente da Câmara Municipal, Ibrahim Zaher (PSD), filho do o ex-vereador e integrante do staff municipal, Mohamed Zaher.

Apoio financeiro não é problema para Ibrahim, mas vai ter que articular muito apoio para disputar a eleição na região Sul que tem deputados estaduais Sebastião Rezende (PR), Nininho (PR), J. Barreto (PR), Teté Bezerra (PMDB), Gilmar Fabris (PSD) e possivelmente Zé do Pátio (Solidariedade) como adversários diretos na busca dos votos dos eleitores da região Sul.

O tucano Rodrigo da Zaeli, vereador de primeiro mandato, já almeja uma cadeira na Assembleia Legislativa e tem o apoio do vice-prefeito Rogério Salles, que já foi ex-governador de Mato Grosso. Além disso, ele desenvolve trabalho do gabinete itinerante que leva cinema no bairro e conta com a marca Zaeli e tem contato com o comércio da região Sul.

Leia também:  Os votos de Bezerra e Garcia no caso Temer

A bancada municipal do PR local não deve lançar candidatos diante da musculatura eleitoral dos atuais deputados.

O PMDB deve lançar Dr. Manoel, que é suplente de deputado estadual, ou o novato Thiago Silva, da Juventude do partido, e tem bom trânsito com as lideranças regionais do partido. Assim como Zaeli, também desenvolve gabinete itinerante.

Reginaldo Santos e Fábio Cardoso são as opções do PPS, que não tem nenhum representante no parlamento estadual, desde a saída de Percival Muniz quando assumiu a prefeitura de Rondonópolis em 1º de janeiro de 2013.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.