Aprovação pela retomada das manifestações em cobrança da redução dos servidores comissionados – Foto da assessoria
Aprovação pela retomada das manifestações em cobrança da redução dos servidores comissionados – Foto da assessoria

Nesta quarta (16) e quinta-feira (17) os servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran/MT) retomarão a greve em virtude do descumprimento de acordo na lei que reduz cargos comissionados.

O representante do Sindicato em Rondonópolis, Marcelo Ferreira de Almeida, explicou que as portas das agências serão fechadas em protesto a inércia do Governo do Estado em assinar o acordo de reestruturação de cargos comissionados do Detran-MT. “Suspendemos a greve em razão de o governador ter se comprometido em assinar a proposta que reduz os servidores comissionados, como até agora nada foi feito iremos retomar os protestos”, explicou.

De acordo com o sindicalista, com a redução do cargo se teria uma economia de cerca de R$ 3 milhões que poderiam ser utilizados na melhoria da estruturação dos prédios sem que haja aumento nos valores da taxas cobradas dos usuários. “Não podemos mais aceitar esse tipo de situação, é um roubou cobrar uma taxa de R$ 58 para emitir uma guia de serviço, quando poderia ser reduzido os cargos comissionados e obter uma redução significativa nas despesas do órgão”, destacou Marcelo.

Leia também:  MPE promoverá painel sobre Conversão Agroecológica e Produção Sustentável de Grãos na APA das Nascentes do Rio Paraguai

A lei que propõe a redução de cargos comissionados do Detran-MT foi aprovada em duas votações na Assembleia Legislativa e até o momento não foi sancionada e nem publicada.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.