Foto: assessoria
Vereador Rodrigo e secretário Argemiro durante visita – Foto: assessoria

Interessados em assegurar um bom atendimento às pessoas que utilizam o transporte aéreo e garantir a instalação de novas empresas na cidade, o vereador Rodrigo da Zaeli (PSDB) e o Secretário Municipal de Transporte e Trânsito – Setrat, Argemiro Ferreira, estiveram no Aeroporto Municipal Maestro Marinho Franco. O objetivo da visita foi averiguar o andamento das obras que estão sendo realizadas no local. O aeroporto municipal já tem assegurados recursos para melhorias na infraestrutura, o que garantirá uma ampliação da pista principal, além da aquisição de aparelhos que proporcionam mais segurança e tranquilidade aos usuários.

Após concluída, a extensão da pista de pouso terá sido alongada dos atuais 1,650  para 2,350  metros.O projeto de reforma contempla ainda, o alargamento da pista de decolagem de 30  para 45 metros, aumento do pátio de manobra, instalação de cerca operacional, sinalização vertical e horizontal e ferramentas que possibilitam pouso e decolagem por instrumento.

Leia também:  Doutor Manoel pode deixar o PMDB e migrar para o Solidariedade

No local, também será instalado um Raio-X para a vistoria de bagagens de mão e uma esteira para distribuição das bagagens despachadas. Além de um moderno sistema de segurança eletrônica. Com essas mudanças o aeroporto municipal estará apto a receber todos os modelos de aeronaves. O que, provavelmente, vai atrair novas empresas aéreas para atender os usuários de Rondonópolis e região sul.

Argemiro Ferreira explica que, apesar da obra não ser de competência da administração municipal, a Setrat tem a responsabilidade de acompanhar o andamento e a qualidade do serviço. “Essa é uma obra do Governo do Estado, mas estamos acompanhando de perto etapa por etapa. Durante o período chuvoso as obras ficaram lentas, mas nesses últimos quinze dias a empresa veio com todo gás. Temos a informação que o contratante e a empresa se reuniram e notaram que há a possibilidade de antecipar a entrega das obras”, argumenta.

Leia também:  Após 30 anos de espera, região do Jardim Atlântico recebe rede de esgoto

O vereador coloca a implantação de novos serviços, reflexo do investimento realizado até o momento. “Precisamos receber novos vôos e para isso temos que nos adequar. Com a conclusão das obras estaremos aptos para receber aeronaves maiores e alcançaremos a chance de irmos mais longe, garantirmos vôos para outros destinos. Já está sendo feita a cobrança de tarifa de embarque e pouso decolagem”, conclui o vereador.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.