A Câmara Municipal de Rondonópolis realizou na tarde desta quinta-feira (10) uma sessão extraordinária de regime de urgência, para tomar decisões a respeito da prestação de conta final para o Governo Federal da obra da travessia urbana da BR-364/163. Durante a Sessão, os vereadores aprovaram o projeto de lei N°81, que autoriza o Poder Executivo a realizar, no vigente orçamento, abertura de crédito especial até o montante de R$ 11.850.000,00 que será utilizado para devolução ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). O prazo para protocolar a decisão vai até o dia 22 ainda deste mês.

Com proposta de mobilidade, as obras  da Travessia Urbana foram iniciadas durante as gestões passadas há cerca de cinco anos, porém ainda não foram concluídas. No decorrer desse período os trabalhos tiveram muitos problemas e atrasos, e a BR-364 continuou sendo palco de muitos acidentes.

Leia também:  Sindicato Rural "sente pressão" e apresenta trabalho social a vereadores

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Rondonópolis, vereador Ibrahim Zaher (PSD), o Tribunal de Contas cancelou o prazo para término das obras, portanto se faz necessário a prestação de contas. Caso não haja a devolução dos 11 milhões que não foram utilizados na obra, os recursos enviados pelo Governo serão cancelados, inclusive a PAC de 50 milhões para realização de obras de infraestrutura na cidade.

Para dar continuidade à obra um novo convenio terá que ser requerido. “Agora teremos que usar a força política e correr atrás para dar continuidade às obras” diz o presidente Ibrahim.

Ainda durante a sessão o vereador Roni Magnani (PP) mostrou sua indignação afirmando que o caso que era inevitável só foi adiado. “Espero que não fique só na devolução, teremos que acompanhar todo o processo. Não basta ter vontade é preciso saber fazer” afirma Magnani.

Leia também:  Pesquisa indica vitória de Leonardo Bortolin em Primavera

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.