Uma comissão de vereadores juntamente com a equipe da Secretaria de Educação do município realizaram visita na manhã de hoje (08) às dependências da Escola Municipal de Educação Básica Professora Evânia Rodrigues da Silva, no antigo complexo Caic, para verificar quais problemas estruturais a escola apresenta.

Em meio ao mês de março de 2013 os vereadores se encontraram com a direção para constatar a situação da estrutura física da escola. Algumas reivindicações solicitadas na época foram atendidas, como melhorias nas paredes, rede de esgoto e retirada de alguns objetos da quadra de esportes.

Segundo a diretora da escola apesar das demandas atendidas a escola ainda necessita de melhorias urgentes. “Nossa escola não recebe uma reforma desde o ano de sua fundação em 1997, somente em 2008 que foi feita uma pintura em todo prédio, porém alguns problemas que necessitam de urgência para serem remediados. A parte elétrica está toda comprometida, segundo os eletricistas até mesmo o fio terra está passando corrente elétrica, o portão de acesso ao estacionamento, por exemplo, dá choque e solta fagulhas”, disse Marquelia Silva da Mata.

Leia também:  STF autoriza abertura de inquérito para investigar delação de Silval

“Outro problema é a questão da acessibilidade, pois nossas salas de aula ficam no andar superior, com escadas que não tem acesso ao pavimento. Sempre recebemos alunos com necessidades especiais e não temos uma rampa ou elevador que conduza as crianças com segurança às salas de aula. Na inauguração da escola foi criado um espaço com um fosso para um elevador que nunca existiu. Há problemas na cobertura, é só laje, e nesses dias quentes é quase insuportável dar aula e estudar. Precisamos urgente de ar condicionado nas nossas salas de aula. Além disso, temos dificuldades com o encanamento que é todo feito em canos de ferro, não há um registro de funcione. A água parece pesada e com gosto de ferro” alertou a diretora.

Leia também:  João Mototáxi protocola pedidos de estudos econômicos para a realização de obras na cidade

Segundo a equipe da Secretaria de Educação, a cobertura, parte elétrica (principal problema da escola) e instalação do elevador já estão em fase de projetos e devem ser licitados. Uma reforma geral da escola também esta no planejamento.

De acordo com o vereador Reginaldo Santos (PPS) a escola ao longo dos anos vem tendo alguns reparos pontuais, mas precisa mesmo é de uma reforma geral. “A reforma da escola já está no planejamento do município, temos orçamento e o dinheiro, o problema é só a questão burocrática, da licitação”, argumentou Reginaldo.

Entre os  presentes estavam os vereadores Ibrahim Zaher (PSD), Reginaldo Santos (PPS), Mauro Campos (PT) e Beto do Amendoim (PSL).

Leia também:  Lideranças comunitárias participam de qualificação em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.