José Roberto Guimarães andava de um lado para o outro à beira da quadra do Campinas. O técnico estava até calmo para seus padrões e se manteve sereno mesmo depois da derrota em casa por 3 sets a 0, parciais de 25/23, 30/28 e 21/13, diante do Rio de Janeiro, no primeiro duelo da semifinal da Superliga Feminina de vôlei, na terça-feira

O resultado surpreendeu o tricampeão olímpico, mas não ao ponto de fazê-lo jogar a toalha. Zé Roberto usa o retrospecto recente para motivar suas jogadoras, já que o time paulista venceu os dois duelos contra as cariocas na primeira fase, incluindo um no Maracanãzinho, o palco do segundo confronto da semi.

Leia também:  FMF confirma participação na Copa do Brasil de Seleções Estaduais Sub-20 da CBF

– O 3 a 0 foi uma surpresa, mas isso faz parte. Vamos tentar reverter no Rio de Janeiro. A motivação é que temos a chance de empatar no Rio de Janeiro. Já conseguimos uma vitória lá. Precisamos tentar ganhar lá de novo – disse Zé Roberto.

O placar de 3 a 0 não reflete o equilíbrio do jogo nos dois primeiros sets. O Campinas teve diversas chances de fechar as parciais, mas o Rio de Janeiro foi mais eficiente nos momentos decisivos. Para a ponteira Natália, campeã da Superliga no ano passado à frente do Rio, a experiência das cariocas pesou.

– O Rio é um time que está acostumado a disputar finais. Estamos com um time forte também. Acho que a experiência delas pesou. Nosso time tem algumas jogadoras novas. Do outro lado tem a Fofão. Um jogo assim é vencido nos detalhes. Os dois primeiros sets foram testes para cardíacos. Acabamos levando a pior, agora vamos treinar duro para prorrogar essa semifinal – disse Natália.

Leia também:  Times de Mato Grosso vão mal na rodada de final de semana

Nos treinamentos para encarar o Rio de Janeiro novamente, o técnico Zé Roberto tentará encaixar o bloqueio e o saque do Campinas. Fundamentos em que o time poderia ter sido melhor.

– Precisamos jogar melhor. O saque foi um fundamento que não funcionou tanto. O outro foi o bloqueio. Fizemos apenas oito bloqueis. Normalmente nosso time estava bloqueando melhor.

Para levar a decisão da vaga na final ao terceiro jogo, o Campinas precisa vencer o Rio de Janeiro neste sábado, às 10h, no Maracanãzinho. A partida terá transmissão ao vivo da TV Globo.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.