Sessão extraordinária realizada para decidir sobre as contas de 2012 - Foto: Assessoria
Sessão extraordinária realizada para decidir sobre as contas de 2012 – Foto: Assessoria

As contas da Prefeitura Municipal de Itiquira relativas ao exercício de 2012, de responsabilidade do ex-prefeito Ernani José Sander (PSDB) foram reprovadas pela Câmara Municipal de Itiquira. A decisão teve início a partir do parecer técnico do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso.

A sessão extraordinária que levou a decisão aconteceu no fim do mês passado e foi decidida por seis votos a favor e duas abstenções, mas de acordo com o presidente da Casa de Leis, vereador Ademir Dal Berti (PT), o documento com o resultado deve ser entregue ainda nesta semana ao Ministério Público Estadual (MPE) e ao Tribunal de Contas.

Já o presidente da comissão permanente de Economia, Finanças e Fiscalização, vereador Afonso Aragão (PSDB), explicou em entrevista ao Site AGORA MT, que antes da votação acontecer, a comissão cumpriu todos os protocolos.

Leia também:  Com saúde debilitada Michel Temer fará procedimento de cateterismo nos próximos dias

“Procuramos o ex-prefeito três vezes em sua casa, além disso, foi encaminhada uma notificação de comparecimento 15 dias antes da sessão, porém não obtivemos êxito no contato”, esclareceu Afonso.

O texto relatado pela comissão mostra que ao término do mandado o ex-prefeito deixou uma dívida no Paço de mais de R$ 7,7 milhões, além disso, as despesas com pessoal do executivo municipal ultrapassou limite fixado na lei.

OUTRO LADO

A reportagem do Site AGORA MT, tentou um contato com o ex-prefeito Ernani Sander, porém o ex-gestor não atendeu as ligações.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.