O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) formou 64 participantes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), realizado pelo em parceria com o governo federal e sindicatos rurais.

De acordo com o presidente do Sistema Famato/Senar, Rui prado, o Pronatec do Senar teve início em 2012 em Mato Grosso, formando cinco turmas (Apicultor, Piscicultor e Operador de Máquinas Agrícolas) com 15 participantes cada uma, sendo 2 turmas em Vila Bela da Santíssima Trindade, 2 em Barão de Melgaço e 1 em Sorriso. Em 2013, foram capacitadas 1082 pessoas. “Nossa expectativa para 2014 é oferecer 60 turmas somando assim mais 1020 pessoas qualificadas, em 23 municípios mato-grossenses”, enfatizou Prado.

Leia também:  Ações na fronteira do Brasil com a Bolívia visam proteger rebanho mato-grossense

Dez turmas já começaram a ter as aulas este ano e, para aqueles que ainda vão começar durante o ano, as inscrições estão abertas nos Sindicatos Rurais. “O programa traz uma melhor qualificação para as pessoas que estão no campo e essas pessoas vão contribuir primeiro com elas mesmas, com suas famílias, porque vai melhorar sua renda e também com o Estado que está precisando de mão de obra capacitada”, afirmou o superintendente do Senar-MT, Tiago Mattosinho.

Segundo a analista de educação profissional rural e gestora do programa, Daniela Figueiredo, o Pronatec do Senar é uma oportunidade para quem deseja se qualificar. “Com o programa ganha a população e o meio rural que pode contar mais uma vez com o Senar para a qualificação do trabalhador e do produtor rural”, avaliou.

Leia também:  Concurso trará tranquilidade e segurança a servidores da Educação, diz governador

PARCERIA

Os 64 alunos formados pelo Pronatec do Senar participaram de turmas realizadas em parceria com os Sindicatos Rurais dos municípios de Nossa Senhora do Livramento (Horticultor Orgânico), Nova Brasilândia (Operador de Máquinas Agrícolas) e Cáceres (Bovinocultor de Leite).

Ao todo 1,2 mil alunos de 18 municípios mato-grossenses receberam certificado de conclusão do Proantec ofertado pelo Senar, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Mato Grosso (Senai-MT), Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial de Mato Grosso (Senac-MT), Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (Secitec-MT) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT).

Leia também:  Com 882,8 mil toneladas processadas, esmagamento de soja apresenta maior patamar mensal em abril
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.