Dois jovens foram presos pela Polícia Militar Ambiental (PM) na tarde deste domingo (04), acusados de posse irregular de arma de fogo e crimes contra a fauna. O caso aconteceu na tarde deste domingo (04), às margens do Rio Vermelho, próximo a um local conhecido como Cachoeirão, Zona Rural de Rondonópolis.

Segundo informações oficiais da PM, os policiais estavam em patrulhamento pelo rio quando se depararam com duas embarcações, as quais ao avistarem a polícia encostaram na margem do rio e esconderam em um matagal duas espingardas e um saco de peixes, que segundo a PM com intuito de tirar o foco dos policiais.

Foi feita abordagem e com um dos envolvidos foram encontradas munições correspondentes aos calibres das armas escondida pelo grupo.

Leia também:  Suspeito de agredir, roubar e estuprar garota de programa é preso

Thairone da Silva Almeida, 18 anos foi detido devido os policiais encontrarem a munição no bolso dele e Wigner Ramos da Silva assumiu a propriedade das armas e do pescado.

Os peixes foram doados a uma instituição filantrópica de Rondonópolis e os jovens permanecem presos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.