A já soberana Mercedes parece ter sido a equipe que melhor fez o trabalho de casa durante as três semanas de intervalo antes do início da chamada “temporada europeia”. No treino classificatório deste sábado no circuito rebatizado como “Barcelona-Catalunya” as “Flechas de Preta” colocaram cerca de um segundo na concorrência – uma eternidade quando o assunto é Fórmula 1. E aí, o que se viu foi mais um duelo particular entre Lewis Hamilton e Nico Rosberg pela pole position. E o britânico, mais uma vez, levou a melhor. Com o tempo de 1m25s232 – dois décimos mais veloz que o companheiro -, o campeão mundial de 2008 conquistou sua quarta pole em cinco etapas, a terceira consecutiva. Confira os melhores momentos no vídeo acima.

Já Felipe Massa teve que amargar o nono lugar no grid. Após dominar seu parceiro de Williams, Valtteri Bottas, durante todo o fim de semana, o brasileiro acabou cometendo um erro no último setor de sua última tentativa de volta rápida e viu o finlandês se classificar cinco posições à frente, em quarto. O GP da Espanha, válido pela 5ª etapa da temporada 2014, está marcado para as 9h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pela TV Globo e em Tempo Rea.l

Entre Bottas e as Mercedes ficou Daniel Ricciardo, da RBR. Um dos grandes destaques da temporada, o jovem australiano teve mais um forte desempenho, assegurando o terceiro lugar no grid com 1m26s285. Enquanto isso, o consagrado Sebastian Vettel segue sua via-crúcis. Após ter problemas nos treinos livres de sexta-feira, o tetracampeão mundial viu seu carro apresentar um problema no câmbio no início do Q3 e não marcou tempo. A princípio, ele largará em décimo, mas caso sua caixa de marchas seja trocada, ele perderá dez posições e cairá para 20º.

Leia também:  União joga domingo diante do Sinop no Luthero Lopes

Um dia depois de declarar que está acostumado a superar seus companheiros de equipe, Fernando Alonso – que vinha batendo Kimi Raikkonen tanto em treinos como em corridas – viu o finlandês ser superior durante toda a atividade. Sexto lugar no grid, o “Homem de Gelo” largará pela primeira vez no ano à frente do espanhol, o sétimo colocado.
A surpresa do dia ficou por conta de Romain Grosjean. A problemática Lotus mostrou boa performance pela primeira vez no ano e o suíço naturalizado francês arrancou um quinto lugar no grid. Já Pastor Maldonado não conseguiu aproveitar o potencial de seu carro. O folclórico venezuelano bateu logo no início do Q1 e só não largará em último porque Jean-Eric Vergne (STR) carrega uma punição de dez posições no grid por ter sido liberado de forma insegura dos boxes, com uma das rodas mal fixadas. Já a decepção ficou por conta da Force India. A equipe não apresentou bom rendimento na pista espanhola e Nico Hulkenberg e Sergio Pérez sequer avançaram para a disputa da superpole.

Poucos pilotos tinham marcado volta cronometrada quando a atividade precisou ser paralisada. O motivo: uma batida de Pastor Maldonado. O venezuelano espalhou na saída da curva 3, mas seguiu acelerando e acabou perdendo o controle de sua Lotus, acertando o muro da parte interna da pista. Com o carro bastante danificado, ele precisou abandonar a atividade. Além do venezuelano e dos pilotos das equipes pequenas – Max Chilton e Jules Bianchi (Marussia) e Marcus Ericsson e Kamui Kobayashi (Caterham) – que costumam cair no Q1, foi eliminado também Adrian Sutil, da Sauber. Nico Rosberg fez o melhor tempo da primeira parte da sessão, 1m26s764. Felipe Massa avançou bem, na quinta colocação.

Leia também:  Academia e União vão disputar o Estadual Sub-17

Rosberg repetiu a dose e foi novamente o mais rápido, no Q2. Seguido de perto, claro, por Hamilton. Massa avançou para a superpole com o quarto tempo, logo atrás de Ricciardo, e quatro posições à frente de Bottas. Bem durante o fim de semana, Alonso (Ferrari) quase ficou fora do Q3. Nos minutos finais, o espanhol estava com o décimo tempo e teve sorte que Hulkenberg (Force India), o 11º, abriu mão de mais uma volta rápida. Punido com dez posições no grid por sua roda ter soltado durante os treinos livres, Vergne (STR) sequer foi para a pista e largará em último. Com problemas na McLaren, Magnussen foi outro que não deixou os boxes. Também foram eliminados: Pérez, Kvyat e Gutiérrez. Os dez que avançaram foram, nessa ordem: Rosberg, Hamilton, Massa, Vettel, Grosjean, Raikkonen, Bottas, Button e Alonso.

Logo nos primeiros minutos do Q3, Vettel sofreu um apagão no motor de sua RBR e parou no meio do circuito. O treino precisou ser interrompido para a retirada do carro do alemão, que terá que se contentar com o décimo lugar no grid. Reiniciada a sessão, Rosberg foi o primeiro a completar volta cronometrada: 1m26s561, mas logo foi superado por Hamilton, que cravou 1m26s228. Ricciardo e Alonso também marcaram tempo. Os demais pilotos deixaram para fazer apenas uma tentativa de volta rápida.
Rosberg anotou 1m25s400 e subiu para a ponta, mas foi desbancado por Hamilton, que voava. O britânico cravou 1m25s232 e tomou a pole do parceiro. Ricciardo ficou com a terceira posição, seguido por Bottas, Grosjean, Raikkonen, Alonso e Button. Massa acabou errando em sua volta rápida e terminou em nono, logo à frente de Vettel, que não marcou tempo.

Leia também:  Brasileira leva ouro em natação e se torna a 1° campeã mundial do país

Confira o grid de largada do GP da Espanha, válido pela 5ª etapa de 2014:

1) Lewis Hamilton (ING/Mercedes) 1m25s232 (Q3)
2) Nico Rosberg (ALE/Mercedes) 1m25s400 +0s168 (Q3)
3) Daniel Ricciardo (AUS/RBR-Renault) 1m26s285 +1s053 (Q3)
4) Valtteri Bottas (FIN/Williams-Mercedes) 1m26s632 +1s400 (Q3)
5) Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) 1m26s960 +1s728 (Q3)
6) Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) 1m27s104 +1s872 (Q3)
7) Fernando Alonso (ESP/Ferrari) 1m27s140 +1s908 (Q3)
8) Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) 1m27s335 +2s103 (Q3)
9) Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes) 1m27s402 +2s170 (Q3)
10) Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) sem tempo (Q3)
11) Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) 1m27s685 (Q2)
12) Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes) 1m28s002 (Q2)
13) Daniil Kvyat (RUS/STR-Renault) 1m28s039 (Q2)
14) Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber-Ferrari) 1m28s280 (Q2)
15) Kevin Magnussen (DIN/McLaren-Mercedes) sem tempo (Q2)
16) Adrian Sutil (ALE/Sauber-Ferrari) 1m28s563 (Q1)
17) Max Chilton (ING/Marussia-Ferrari) 1m29s586 (Q1)
18) Jules Bianchi (FRA/Marussia-Ferrari) 1m30s177 (Q1)
19) Marcus Ericsson (SUE/Caterham-Renault) 1m30s312 (Q1)
20) Kamui Kobayashi (JAP/Caterham-Renault) 1m30s375 (Q1)
21) Pastor Maldonado (VEN/Lotus-Renault) sem tempo (Q1)
22) Jean-Eric Vergne (FRA/STR-Renault)* sem tempo (Q2)

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.