O potencial econômico dos municípios mato-grossenses estará em evidência durante a “1ª Expo Mato Grosso”, que integra a programação do “31º Encontro de Prefeitos”, realizado pela Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Governo do Estado e Assembleia Legislativa (AL). O evento será realizado no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, de 22 a 24 de maio e terá como tema “Municípios Fortes, Mato Grosso Sustentável”. O objetivo é incentivar o crescimento econômico sustentável em todos os municípios do Estado, fortalecendo o potencial de todas as regiões.

A Expo Mato Grosso terá um espaço reservado para a exposição de produtos de todas as regiões e contará com a participação dos Consórcios Intermunicipais de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental. A iniciativa vai incluir a Feira do Desenvolvimento Econômico dos Municípios, Espaço para o Desenvolvimento dos Municípios, onde devem ser expostas soluções eficientes para a gestão pública, Espaço Cultural e Turístico, onde serão apresentados a cultura, o artesanato e a gastronomia mato-grossenses, além do 4º Encontro Sul Americano de Cultura Popular.

A expectativa dos organizadores é reunir cerca de 10 mil pessoas nos três dias de evento. Está confirmada a participação de pelo menos 15 prefeituras mato-grossenses. Nova Bandeirantes, Conquista D’Oeste, Guarantã do Norte, Mirassol D’Oeste, Cáceres, Dom Aquino, Vila Bela da Santíssima Trindade, Porto dos Gaúchos, General Carneiro, Brasnorte, Cuiabá, Campo Verde, São José do Rio Claro, Tangará da Serra e Barra dos Bugres apresentarão seus potenciais em estandes próprios.

A Expo Mato Grosso será realizada em um espaço com capacidade para 34 estandes para os consórcios intermunicipais, 40 para expositores, 24 para patrocinadores, além de 15 para lanchonetes, dois para bares e 10 para peças de artesanato. No local, haverá também um palco para apresentações culturais.

Consórcio

Outros entes serão representados pelos consórcios. É o caso dos municípios que compõem os Consórcios do Teles Pires, Nascentes do Pantanal, Região Sul, Vale do Juruena e Alto Rio Paraguai.

Os Consórcios Intermunicipais de Desenvolvimento surgiram em 2005 com a proposta de regionalização da Associação Mato-grossense dos Municípios. O objetivo principal é implantar projetos que potencializem economicamente os polos regionais do Estado, além de viabilizar recursos para a promoção do desenvolvimento, respeitando a identidade econômica de cada localidade. A partir dos consórcios, os municípios passaram a se reconhecer como região e se fortaleceram.

Estão ativos em Mato Grosso 15 consórcios intermunicipais, resultado de uma importante parceria entre AMM e prefeitos, com o Estado, e outros parceiros, que acreditaram na proposta de desenvolvimento, por meio do fomento das cadeias produtivas, conforme a vocação de cada região. Os consórcios se transformaram em projetos de regionalização, encampados e liderados pelos prefeitos, organizados em 15 regiões.

A Expo ainda contará com a participação de entidades governamentais e não governamentais, como: a Associação dos Municípios com Potencial Turístico (Amptur), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), Conselho Regional de Administração (CRA), Ministério Público Federal (MPF) e Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB). O Governo do Estado também irá participar, representado por 12 Secretarias expositoras.

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.