Acusado disse que não suportou o fim do relacionamento - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Acusado disse que não suportou o fim do relacionamento – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Wilson Correa dos Santos, 32 anos, foi preso no bairro São João Del Rei, em Cuiabá, por ser o suspeito de ter assassinado a sua ex-mulher no dia 8 de junho, no Jardim Paulista, em Rondonópolis (leia aqui). A prisão que ocorreu por volta das 13h30 de hoje foi realizada pela Polícia Civil após um mandado decretado pelo Juiz.

O acusado estava trabalhando em uma obra que fica em frente a academia de Polícia da Capital e ele não resistiu a prisão. Em conversa com a reportagem, Wilson confirmou a hipótese de que ele teria atirado contra a esposa porque não aceitava o fim do casamento.

“Estávamos separados a cerca de uma semana e eu não aceitava isso, ai perdi a cabeça”, disse Wilson. O suspeito irá responder por tentativa de homicídio e por homicídio, já que uma 2ª pessoa foi atingida por um dos disparos.

Leia também:  Assaltantes rendem família e fazem limpa em residência

Os policiais civis trouxeram o acusado para a 1ª Delegacia de Polícia de Rondonópolis e ele será ouvido pelo delegado Vinicius Prezoto.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.