Quando voltou da serra gaúcha com duas vitórias na bagagem, sobre Caxias e Juventude, a Chapecoense tinha mais uma semana de preparação para o reinício do Campeonato Brasileiro. O adiamento da partida diante do Atlético-MG para o dia 6 de agosto deixou o meio de semana livre para a equipe trabalhar, mas agora, pouco antes da reestreia, os atletas não conseguem tirar o São Paulo do pensamento. O volante Wanderson comemora o período de preparação, mas admite estar ansioso pelo retorno.

– Tivemos tempo suficiente para melhorarmos em todos os aspectos, inclusive recuperar os jogadores que estavam tratando no departamento médico. Evoluímos tanto na parte física quanto na técnica e, agora, retornamos com força máxima ao Brasileirão – disse.
Titular do técnico Celso Rodrigues, 125 partidas pelo Verdão do Oeste, Wanderson se aproxima de completar três anos no clube.

Leia também:  Morre Valdir Peres, o goleiro da Copa de 82

Satisfeito com o desempenho nas últimas temporadas, nas quais fez parte do grupo que conseguiu o acesso à Série B em 2012 e à elite do futebol brasileiro em 2013, o volante espera cumprir a missão mais uma vez e ajudar a Chape a permanecer na primeira divisão, começando pelo jogo contra o São Paulo.

– Será um grande jogo, o foco estará todo voltado para o São Paulo, mas nós queremos surpreender. Esperamos fazer um bom jogo para dar sequência na nossa meta, que é permanecer na Série A – encerrou.

A partida contra o tricolor paulista está marcada para o próximo sábado, às 18h30, no estádio do Morumbi. Na sequência, o clube vai à Vila Belmiro, no dia 26 de julho, onde encara o Santos, em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Leia também:  União vai enfrentar o Dom Bosco na Arena pelo Sub-19
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.