Antonio de Oliveira - Foto: assessoria
Antonio de Oliveira – Foto: assessoria

Antonio de Oliveira (60) que teve a chance de concluir o curso básico de informática e o prazer de receber o certificado das mãos da presidente da República , Dilma Rousseff, avalia que a vida melhorou mil por cento a partir do aprendizado. Acalentando o sonho de novas oportunidades e mais qualidade de vida, ele ingressa na fase avançada de programador de web. O aluno entusiasta faz parte do grupo de cem pessoas contempladas com os cursos ofertados em parceria com a prefeitura de Rondonópolis e o Instituto Federal de Mato Grosso – IFMT.

Durante a aula inaugural realizada na tarde desta segunda-feira (21), Antonio contou que a exemplo dos colegas, enfrentou alguns entraves durante o primeiro curso, como problemas em casa e mau tempo no caminho da escola. Mas, o bom entrosamento em sala de aula o ajudou a superar as dificuldades e seguir em frente até concluir o curso. “Aqui dentro do IFMT a gente se transforma numa família. E foi graças a essa turma que recebi o diploma das mãos da presidente Dilma. Vou começar a caminhada de novo. Essa é outra luta porque o meu sonho nunca acaba”, disse.

Leia também:  Preço do litro do etanol cai até R$ 0,20 em postos de combustíveis de Rondonópolis

O secretário de Promoção e Assistência Social do Município, Mohamed Zaher, que é responsável pela parceria permanente com o governo federal neste sentido, avalia que a vida das pessoas muda para melhor com os cursos do Pronatec. “Os alunos adquirem condições de aumentar a renda familiar e viver com mais dignidade. Nós sabemos que o mercado de trabalho de Rondonópolis só tem oportunidades para pessoas qualificadas. Por isso investimos na capacitação de todos”, acrescenta.

MULHERES MIL

A etapa de cursos do Pronatec iniciada nesta segunda-feira no IFMT vai formar agentes de produção de alimentos, programador de web e mulheres recepcionistas. São 30 vagas ofertadas ao público feminino em situação de vulnerabilidade que foi selecionado pelas unidades do Centro de Referência de Assistência Social – Cras para ingressar no Pronatec Mulheres Mil. Outras 70 vagas são para os demais cursos.

Leia também:  Loteamento Melchiades Figueiredo beneficiará 1500 famílias rondonopolitanas

A aula inaugural no auditório do IFMT reuniu alunos, professores e coordenadores da instituição, além de gestores da Secretaria de Promoção e Assistência Social. Mohamed Zaher compareceu acompanhado da gerente do Departamento de Políticas do Trabalho, Patrícia Pimentel, e a responsável pelos cursos, Neuly Borotta.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.