Ainda em busca de jogadores para fechar o elenco do São José Basquete, o diretor da equipe, Luis Inácio Messias, praticamente descarta a contratação do ala-pivô Ricky Sánchez, de Porto Rico. Com a saída de Jefferson para Bauru, e a não renovação de contrato com Ed Nelson, o nome do jogador corre nos bastidores do time como um possível reforço.

Inácio confirma o interesse no porto-riquenho, mas vê a negociação como difícil de ser concretizada.

– Fizemos uma consulta, mas não procede a contratação. Ele estava jogando agora na Argentina e vai disputar o Mundial por Porto Rico. Consultamos ele, mas parece que ele também já foi procurado por uns clubes da Europa. E só estaria liberado em outubro. Até outubro, tem três meses. Podemos até tentar algo em outubro, mas até lá podemos acertar com outro jogador nesse período – disse o dirigente.

Leia também:  José Aldo terá a revanche pelo cinturão contra o atual campeão Max Holloway

Para a posição de Jefferson William, Luis Inácio ressalta que a equipe já tem outros atletas que podem jogar na posição, como Drudi, Renan Lenz e, em caso de improvisação, o ala Dedé. Com isso, justifica que a diretoria do clube não pressa para fazer esta contratação para o início do Campeonato Paulista.

– Estamos analisando o mercado, mas sem correria. Temos os nossos critérios e vamos com cautela para não ter erro. Nossa busca tem sido no mercado brasileiro e sul-americano. Podem chegar na equipe mais um ou dois jogadores – afirmou.
A estreia do São José no Campeonato Paulista acontece em 7 de agosto, contra o Internacional de Santos, às 20h, no ginásio Lineu de Moura.

Leia também:  Times de Mato Grosso vão mal na rodada de final de semana
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.