Em condições similares, Juventude e Caxias retornam à Série C do Campeonato Brasileiro no próximo fim de semana com o mesmo objetivo: manter a campanha das primeiras seis rodadas para permanecer no G-4 do Grupo B da competição. Vice-líder da chave com 12 pontos, o Ju recebe o Guaratinguetá no Alfredo Jaconi, no domingo. Uma posição atrás, com 11 pontos, o Grená volta a campo no sábado, contra o Madureira, no Rio de Janeiro. A receita para tal? Apostar na base e fazer contratações pontuais.

Apesar do bom desempenho da equipe na arrancada no nacional, a intertemporada do Juventude foi marcada por percalços. Em um momento conturbado na questão financeira, o clube teve dificuldades para manter em dia a folha salarial do elenco. Nada que atrapalhasse o mês de preparação para a retomada da Série C, segundo o gerente de futebol, Michel Costa.
– (O Juventude) Passou por um período de instabilidade financeira, mas boa parte dos problemas já foi resolvida. O time está firme, tranquilo. Os problemas extracampo ficam fora – pondera Costa, em entrevista ao GloboEsporte.com.

Leia também:  União joga domingo diante do Sinop no Luthero Lopes

O Juventude aproveitou a pausa da Copa do Mundo para focar na questão física e dar sequência ao trabalho do técnico Roger Machado. O Ju passou por dois testes: derrota para a Chapecoense por 2 a 1, e empate em 1 a 1 com o Brasil-Pel. Diante da saída de Yann, negociado com o futebol português, a diretoria trouxe duas novas opções para o meio-campo – Diego Miranda e Pereira – além do atacante Queiroz.
– Foi um trabalho muito parecido com o que fizemos antes da competição. Demos um pouco mais de embasamento físico para a equipe e tempo para os novos atletas entrarem no sistema de jogo. Foi um trabalho feito por etapas, com, trabalhos técnicos e táticos. Temos uma equipe compacta, com força na marcação e que procura jogar valorizando a posse de bola – avalia o dirigente.
A meta do clube para o restante da temporada é manter a média de pontuação das primeiras seis rodadas e fincar pé no G-4 do Grupo B. Sempre visando ao acesso à segunda divisão.
– Montamos uma equipe e uma comissão técnica qualificada para buscar o acesso. Não pensamos em outra coisa a não ser nisso. Projetamos 12 pontos a cada seis jogos, meta que alcançamos nas primeiras rodadas – analisa Costa.

Leia também:  Dom Bosco marca jogo para às 9h no domingo pela Copa FMF

Postura semelhante à adotada pelo rival, Caxias. Terceiro colocado, o Grená busca somar o maior número de pontos para encaminhar a classificação às quartas de final. O comandante Beto Campos evita, porém, projetar o acesso.
– Como está longe, temos 12 jogos pela frente e vamos buscar nos manter entre os quatro. Nossa briga é por ficar em primeiro ou segundo lugar do grupo – explica.

Nos cerca de 40 dias de preparação, o Caxias procurou reforçar as partes físicas e técnicas do elenco, além de trabalhar novos posicionamentos em campo. O clube trouxe o volante Janderson para o meio-campo, que perdeu o meia Bruninho, negociado com um clube da Dinamarca. O lateral-direito Gabriel Ganzer será apresentado pelo clube nos próximos dias.
– Foi um momento bom para recuperar alguns atletas. Conseguimos trabalhar as partes física, técnica e tática. estamos encaminhando a equipe, alternando jogadores e sistemas. Acredito que vamos voltar um pouco abaixo do ritmo ideal, mas com mais força física – destaca Campos.
Sem partidas oficiais desde o fim de maio, o Grená fez apenas dois testes na intertemporada: derrota para a Chapecoense por 1 a 0 e empate em 1 a 1 contra o Cerâmica. Fato lamentado pelo comandante, que projeta um retorno difícil à competição.

Leia também:  Cuiabá, Sinop e Sorriso lideram ranking estadual de tênis de MT

– Gostaríamos de ter dado continuidade à sequência de bons jogos, já que estamos entre os classificados. A retomada vai ser difícil, contra um adversário de qualidade, mas procuramos trabalhar forte. Vamos com muita confiança.

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.