Encontro realizado nesta quinta - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Encontro realizado nesta quinta – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

A 40ª Assembleia Regional do Conselho Indigenista Missionário (CIMI) está sendo realizada no Centro de Pastoral da Diocese de Rondonópolis até amanhã (25) às 12h. A reunião que iniciou no último domingo (20) tem como intuito um momento de reflexão e de avaliação da presença e ação junto aos Povos Indígenas.

O encontro conta com a participação de representantes das dioceses de São Félix de Araguaia, Barra do Garças, Rondonópolis, Juína, Paranatinga, Cáceres e Diamantino. Participam da reunião cerca de 35 missionários.

Este ano a Assembleia tem como tema a “Soberania alimentar dos povos indígenas: saúde, meio ambiente e agrotóxico”. De acordo com o bispo Dom Juventino, a semana é um momento de reflexão sobre como está à caminhada dos missionários junto à comunidade indígena e sobre a realidade destes povos, onde ainda será feito o levantamento de propostas para a conscientização ambiental dos índios em suas produções agrícolas e sobre quais melhorias devem ser tomadas junto a eles.

Leia também:  Camarote tem princípio de incêndio na 45ª Exposul

Nesta quinta-feira (24), a reunião conta a presença da engenheira agrônoma Fran Paula Castro, do Fundo Mato-grossense de Apoio à Cultura da Semente (FASE/MT) que fala sobre um estudo em torno da questão ecológica dos povos indígenas. Na manhã desta sexta-feira (25) serão apresentadas as propostas discutidas durante a Assembleia e encerrará com o almoço.

Na diocese de Rondonópolis, os missionários estão presentes nas aldeias: Córrego Grande, com 470 Indígenas, sendo 165 crianças e adolescentes; Tadarimana com 480 indígenas e a Piebaga: 80 indígenas. Ao todo são 1030 indígenas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.