O atraso na conclusão das obras da MT-040, importante rodovia que ligará Rondonópolis a Cuiabá, via Pantanal, vem sendo criticado pelo vereador Fábio Cardozo (PPS). O assunto foi inclusive tema de discurso do parlamentar na última sessão ordinária da Câmara Municipal de Rondonópolis. Fábio cobrou uma resposta por parte do governo do Estado, responsável pela obra, pois a promessa é de que os trabalhos voltariam a ser executados logo após o período de chuvas, o que não ocorreu até o momento.

O vereador destacou a importância desta rodovia alternativa pra desafogar o trânsito da BR-364 e lembrou que o governador Silval Barbosa (PMDB) garantiu que a nova via estaria concluída ainda esse ano. “O Governo do Estado fez um compromisso e temos ficado sem resposta. Teve até ato de inauguração e foi assinado o início das obras. Hoje tudo está parado, e não estamos no período de chuva e ninguém explica o motivo disso”, reclamou Fábio.

Leia também:  “Estão brincando com a cara do cidadão de Rondonópolis” diz Thiago Muniz sobre paralisação dos serviços da Santa Casa

Em seu discurso o parlamentar ressaltou ainda o trabalho do Comitê Pró-Rodovias, entidade presidido pelo médico e empresário Elmo Bertinetti, que trabalha em prol da conclusão da MT-040 e faz o papel de cobrar do Governo do Estado e da Secretaria Estadual de Transporte e Pavimentação Urbana (Setpu) o término das obras. “A luta do Comitê Pró-Rodovias é legítima, pois a MT-040 é um anseio popular. Como vereador faço questão de levar essa luta ao conhecimento público, assim como faço questão de externar minha indignação quanto a esta situação a que o governo do Estado nos remete mais uma vez de prometer algo e não cumprir”, desabafou o vereador.

A extensão total da MT-040 é de 230 quilômetros, restando ainda 77 quilômetros a serem asfaltados. As obras foram lançadas pelo próprio governador em maio do ano passado.

Leia também:  Projeto do novo IPTU é protocolado e prefeito pede apoio aos vereadores

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.