Mais de 250 pessoas compareceram no 1º Fórum Comunitário Selo Unicef Município Aprovado 2013-2016, nesta quarta-feira (29), no Centro de Convivência dos Idosos Padre Mário Henning. Com a participação de representantes de vários setores e sociedade civil organizada.

De acordo com a articuladora do Selo Unicef no município e secretária de Assistência Social, Kely Paniago, é muito importante a participação de todos para conquistar o status de Município Aprovado. “Para se chegar até a realização deste 1º Seminário tivemos que participar primeiramente de uma capacitação em Cuiabá.

O papel do articulador é romper barreiras de desafio, trazer a sociedade em geral para participar. No ano passado foram focadas as ações aos idosos. Neste ano de 2014, o objetivo, segundo Keli, é trabalhar e fortalecer as questões das crianças e adolescentes.

Leia também:  Dupla rouba malotes de dinheiro que pagariam fiscais de concurso em Cuiabá

“Para que nosso município possa receber o Selo Unicef Município Aprovado, que é renovado a cada quatro anos, precisamos comprovar que estamos empenhados na construção e consolidação de redes de proteção para a melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes”, explica Keli.

A busca de resultados através de um trabalho integrado entre vários setores públicos e a sociedade civil organizada visando o uso eficaz de recursos que contribuam para a criação destas redes de cooperação e proteção tanto aos menores quanto a sua família também está ligada ao combate às drogas e ao apoio psicossocial com o objetivo de evitar e/ou reverter situações de risco social.

O Fórum foi aberto com a palestra da assistente social da Associação de Primeiras Damas de Mato Grosso (APDM), Letícia Albuquerque, que também é a representante do Estado no Selo Unicef. “A população Juscimeirense está de parabéns. Comparando com outros municípios que já realizaram o fórum aqui bateu recorde de público”, declara.

Leia também:  MT é eleito o 3º estado com melhor frequência escolar no ensino médio

Letícia conta que na segunda edição do evento, realizada no ano passado, somente 27 município haviam feito a adesão e do total apenas 17 conseguiram conquistar o status de Município Aprovado. “Neste ano, das 141 cidades mato-grossenses 97 aderiram ao Selo e estamos trabalhando para que 100% delas consigam o Selo Unicef 2013-2016.

Na palestra, a assistente social ressaltou que a população tem um importante papel e responsabilidade na conquista do Município Aprovado. “Crianças fora da escola é responsabilidade da secretaria de Educação, crianças doentes da secretária de Saúde e assim por diante”, frisa.

Após a palestra, com todas as informações esclarecidas sobre o objetivo do Fórum Comunitário foram montados grupos de trabalhos para desenvolver os quais desenvolveram cinco eixos, são eles: Direito de Sobreviver e se Desenvolver, Direito de Aprender, Crescer sem Violência, Atendimento a Casos de Violência e Ser Adolescente.

Leia também:  Vendas de veículos aumentam 49% em MT

Com o termino do Fórum, foi anunciado o próximo passo que o município tem que dar para conquistar o Selo Unicef Município Aprovado, que é a consolidação e implementação do Plano Municipal de Ação. Assim, a comissão intersetorial e representantes dos adolescentes irão reunir-se para, com base nas propostas produzidas no encontro, consolidar o Plano Municipal de Ações, com prazo máximo de 60 dias para ser inserido na Plataforma Virtual (Soma – Sistema de Orientação, Monitoramento e Avaliação) a ser disponibilizada pelo Unicef.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.