Formação GIR - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Formação GIR – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Cerca de 100 agentes penitenciários de várias regiões de Mato Grosso e de estados vizinhos ficaram surpresos com a notícia de que o treinamento de formação do Grupo de Intervenção Rápida (GIR), que ambos estavam realizando em Rondonópolis durante a semana, foi suspenso pelo Governo Estadual.

Apesar de ser tradicional e estar na 5ª edição, o curso não teve nenhum tipo de incentivo financeiro ou moral pelo Estado e foi cancelado devido denúncias de irregularidades.

Diretor da Mata Grande, Agno Sérgio - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Diretor da Mata Grande, Agno Sérgio – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

De acordo com o diretor da Penitenciária Major Eldo de Sá Correa, mais conhecida como Mata Grande, Agno Sérgio Silva Ramos, as acusações são direcionadas aos equipamentos utilizados durante os treinamentos, com supostas munições contrabandeadas e armas sem autorização.

Leia também:  Mudanças na taxa de lixo devem ser apresentadas nesta quinta

“Foram covardes, uma vez que esses apontamentos são inverdades e não vieram averiguar. Nós sabemos como são nossos treinamentos são eficazes, mas o Estado ainda insiste em nos impedir e boicotar”, declara.

Agno ainda ressalta que as munições que seriam utilizadas no curso foram doadas por clubes de tiros e as armas são emprestadas.

Há cinco anos na profissão, o agente Guilherme Oliveira Lima disse que a noticia é triste, mas ele está satisfeito, uma vez que se reciclou e se sente mais preparado para operar nas unidades prisionais.

“Não é um papel que vai provar algo, estamos aqui por voluntarismo, gastando dinheiro do bolso para estar preparados, que é algo que o Governo não preocupa”, lamentou.

Leia também:  Dia "D" para atualização de caderneta de vacinação é realizado neste sábado em Rondonópolis

Com a decisão os trabalhos que tiveram início nesta segunda-feira (21), e terminariam apenas na próxima quinta (31), foram finalizados hoje (25).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.