O racha político na coligação Coragem e Atitude pra Mudar (PDT, PP, DEM, PSDB, PSB, PPS, PV, PTB, PSDC, PSC, PRP, PSL e PRB) do candidato ao governo, Pedro Taques (PDT), continua ascendente. O empresário Marcelo Malouf (PSDB), 1º suplente de Senado acompanhou a desistência de Jaime Campos (DEM) e também protocolou a renúncia da candidatura. Conforme informações de bastidores, a deputada estadual Luciane Bezerra (PSD), que ocupa a 2ª suplência pode ser a próxima.

Apesar da tendência para que Luciane ocupe o lugar de Malouf, não há confirmação que ela seja ‘remanejada’ a 1ª suplência, uma vez que a deputada já está insatisfeita com os rumos políticos da coligação, inclusive abandonando a coordenação da campanha de Taques na região noroeste do Estado.

Leia também:  Não está para brincadeira

Contudo, o recuo favorece o provável substituto ao Senado, Rogério Salles (PSDB), para articular a própria chapa.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.