Mesmo tendo sido preso após a delação premiada do empresário Gércio Marcelino Mendonça Junior, o ‘Junior Mendonça’, o ex-secretário da Copa, Fazenda e Casa Civil, Éder Moraes, não quis entregar os ‘colegas’ envolvidos no esquema.

O Ministério Público Federal ofereceu uma proposta para que ele fizesse também uma ‘delação premiada’ em relação ao grande esquema que vem sendo desmembrado na ‘Operação Ararath’, mas Éder rejeitou.

Ele chegou a capital na tarde de ontem (23) e hoje (24) deve participar da audiência do 1º processo referente a Operação.

Advertisements
Leia também:  Exposul ignora apoio da Prefeitura em rede social

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.