O levantamento do Anuário Brasileiro da Educação Básica de 2014, organizado pelo movimento Todos Pela Educação e da Editora Moderna aponta que a média de crianças de 0 a 3 anos fora das creches de Mato Grosso não chega a 20%.

Durante a vigência do Plano Nacional de Educação (PNE) a meta do Ministério da Educação é que no mínimo 50% das crianças de até 3 anos estejam nas creches, contudo no levantamento aponta que no Brasil a média de matriculas é de 23,5% e em Mato Grosso o percentual é de 19,1%.

Em relação ao ano anterior houve uma queda no número de crianças que estão matriculadas nas creches, sendo que em 2013 eram 19,2% da população com idade entre 0 e 3 anos atendidas.

Leia também:  Cerca de 360 famílias receberam o cartão do benefício

Em contrapartida com o Estado, em Rondonópolis houve uma oferta maior de um ano para o outro, sendo em 2013 foram atendidas nas creches 2.519 e este ano foram matriculadas 2.638 crianças.

De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde, para o próximo ano a previsão é que sete Unidades Municipais de Educação Infantil (UMEIs) passem por ampliação, sendo construídas mais 20 salas para atender mais 480 crianças de seis meses a 3 anos na educação infantil. Além da construção de mais três Centros Municipal de Educação Infantil (CMEIs)

Contudo a demanda reprimida de vagas nas unidades de educação para crianças de 0 a 3 anos de Rondonópolis não foi informada pela Secretaria Municipal em razão de ter sido constatada a duplicidade nas matrículas das crianças e estar sendo refeita a tabulação.

Leia também:  Contribuintes podem continuar negociação de dívidas até 20 de dezembro
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.