O prefeito de Rondonópolis e um dos principais líderes políticos do grupo que apoia o senador Pedro Taques (PDT), Percival Muniz (PPS), afirmou em entrevista nesta terça-feira (22), que a culpa da desistência de Jaime Campos (DEM), a reeleição é de Taques e que se estivesse no lugar do Democrata faria a mesma coisa.

Ele afirmou que existem muitos problemas internos na coligação e que o candidato ao Governo tem que chamar a questão para o próprio comando e não delegar esta função a coordenadores. Muniz afirmou ainda que era o momento do senador ouvir o Jayme e consertar os problemas do partido porque não adianta arrumar um substituto e continuar com os mesmos erros.

Ele confirmou que antes das formações das chapas chegou a falar sobre parceria com Wellington Fagundes (PR), mas como ele foi pra coligação contrária a aliança ficou complicada.

Leia também:  Vereador atende comunidade do bairro Padre Lothar por meio do Gabinete Itinerante
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.