Uma pesquisa qualitativa, ou seja, uma pesquisa que tem caráter exploratório, onde os entrevistados são estimulados a pensarem livremente sobre algum tema, objeto ou conceito, ou na política, ajudam os marqueteiros a entender com vão votar os eleitores, teria sido a ‘pá de cal’ no relacionamento entre Taques e Jayme.

Segundo fonte da Coluna Bastidores ligada ao senador Jayme Campos (DEM), a tal pesquisa qualitativa apontaria uma rejeição na união Taques e Jayme e diante disso o “Comitê da Maldade” de Taques teria iniciado um trabalho para alijar Jayme do processo a tal ponto que o senador candidato a reeleição desistisse do pleito.

O resultado da pesquisa segundo a fonte apontaria uma forte rejeição de Jayme junto a uma grande parcela do eleitorado com a intenção de votar em Taques, por isso, os coordenadores do pedetista teriam resolvido “expulsar” Jayme da coligação

Leia também:  Kleber Lima recebe apoio
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.