O número de municípios afetados pelas chuvas e enchentes no Rio Grande do Sul chegou a 167 ontem (16), segundo relatório divulgado pela Defesa Civil do estado. Dos 143 municípios que declararam situação de emergência no estado, incluindo dois em estado de calamidade, 134 encaminharam documentação para elaboração de um relatório com o detalhamento da situação do município e a solicitação de recursos ao governo federal.

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional já reconheceu estado de calamidade dos dois municípios e a situação de emergência em mais 124. Os recursos da União serão usados em ações de socorro, restabelecimento de serviços essenciais – como água e luz, e de caráter emergencial, incluindo restauração de estradas vicinais e rodovias estaduais.

Leia também:  Pescado irregular gera multa de mais de R$ 80 mil e apreensão de 1t de camarão em SP

A Defesa Civil informou também que 6.937 pessoas continuam desalojadas, em casas de amigos, e 653 estão em abrigos públicos, em todo o estado. Duas pessoas morreram e uma jovem continua desaparecida em Arroio do Tigre.

Segundo o órgão estadual, uma nova frente fria vai provocar chuvas em todas as regiões hoje. Somente na sexta-feira, a chegada de uma massa de ar seco e frio diminuirá a nebulosidade e provocará queda na temperatura.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.