O vice-prefeito de Rondonópolis, Rogério Salles (PSDB), pode ser o substituto de Jayme Campos (DEM), na disputa ao Senado. Em reunião realizada na noite desta segunda-feira (28), entre a cúpula da coligação de Pedro Taques (PDT), o nome de Salles ficou praticamente acertado, porém o anúncio oficial deverá sair nesta terça-feira (29).

A indicação do tucano pode ser estratégica, já que assim como o também candidato ao Senado, Wellington Fagundes (PR), o vice-prefeito temuma boa base eleitoral em Rondonópolis.

Ainda nas convenções, Rogério Salles já havia destacado que estava preparado para disputar por qualquer posição. A escolha também pode ‘salvar’ a harmonia entre as siglas aliadas, uma vez que o PSDB já havia cobrado espaço dentro da coligação por ‘carregar’ a candidatura de Taques ‘nas costas’ sem estar na majoritária.

Leia também:  Por questões éticas advogado se recusa a continuar em defesa de Michel Temer
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.