Suspeitos presos pela PJC - Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Suspeitos presos pela PJC – Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Investigadores da Polícia Judiciária Civil (PJC), Vila Operária, cumpriram no início da tarde de hoje (28), dois mandados de prisão em desfavor dos primos Dhemerson Pereira Santana, 22 anos, vulgo ‘gaguinho’ e Luciano Alves Mendes, 19 anos, ambos suspeitos de terem participação no homicídio do jovem Jhonatan David Ferreira Blanco, 19 anos, morto em fevereiro deste ano. (Veja Aqui).

Na época do crime, Jhonatan que era ex-presidiário, já havia sido baleado pelos primos uma semana antes de morrer, mas na ocasião os tiros disparados contra ele acertaram a perna. A vítima estava se recuperando quando houve o 2º crime. O motivo conforme a PJC, teria sido porque a vítima teria roubado a moto de um dos suspeitos.

Leia também:  Motociclista acusado de matar travesti Tabata Brandão é preso em Rondonópolis

De acordo com o investigador Ferreira, os dois se apresentaram na polícia poucos dias depois do homicídio, confessaram os delitos, deram os contatos e foram liberados.

“Hoje o juiz expediu o mandado de prisão e cumprimos. Não houve resistência por parte dos dois até poque eles sabiam que isso ia acontecer”, falou.

Dhemerson assume ser o autor dos disparos que mataram a vítima. Tanto ele como o primo já possuem passagens pela polícia por roubo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.