Por meio da rede social Facebook, o candidato ao governo de Mato Grosso pela coligação “Coragem e Atitude para Mudar”, Pedro Taques (PDT) se manifestou a respeito da decisão judicial que suspendeu a divulgação da pesquisa Vox Populi, que o colocava em 1º lugar por irregularidades na captação dos dados.

O senador alega que os adversários tiveram medo e são pessoas que estão há 12 anos no poder. “Tem medo da sujeira que pode ser descoberta debaixo do tapete”.

Ele ainda afirmou que a pesquisa que vale mesmo, é a de outubro nas urnas.

“Amigos, algumas pessoas com medo do nosso projeto estão jogando de maneira desleal. Pessoas que estão há mais de 12 anos no poder e tem medo da sujeira que pode ser descoberta debaixo do tapete. Por isso, volto a falar da pesquisa divulgada neste sábado, no Diário de Cuiabá.

Leia também:  Deputado Rezende busca informações sobre anel viário para Rondonópolis

Vale destacar que a pesquisa que nos aponta em 1º  lugar não foi organizada por nós. Foi desenvolvida pelo Vox Populi, contratada pelo jornal Diário de Cuiabá e protocolada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob os números MT 00025/2014 e BR 00217/2014, em 11 de julho. Não tivemos contato com conteúdo desse material em nenhum momento antes de sua divulgação, no site do jornal.

A consideração do TRE é clara: houve um erro formal no Diário de Cuiabá, que não ilustrou o grau de confiabilidade e a margem de erro da pesquisa. Uma alegação que respeito, pois sigo, acima de tudo, a Lei e as decisões da Justiça. Minha carreira foi pautada por esses princípios. E tenho hoje a consciência tranquila sobre nossas atitudes.

Leia também:  Augustinho ensaia voltar à política em 2018

Nossa campanha é de compromissos, não de baixaria. Uma prova disso é que a juíza não contestou os números da pesquisa, que nos coloca com 43% das intenções de voto. Sim, a população abraçou nosso projeto e está ao nosso lado. Mas nunca é demais lembrar: a pesquisa que vai comprovar isso é aquela de outubro. A pesquisa que vale. A pesquisa das urnas.

A caminhada é longa, mas não vão conseguir nos parar. Para cada mentira, voltaremos com mil verdades. Vamos continuar, com força e coragem, PRA MUDAR Mato Grosso”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.