Os trabalhadores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) estão convocados para participarem do Dia Local de Paralisação na Luta pela Implantação da Jornada Ininterrupta com Turnos Contínuos. O ato será realizado nesta quinta-feira (24) e terá início às 08h30 no pátio do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-administrativos em Educação da UFMT (Sintuf-MT). Após breve debate sobre o assunto, os trabalhadores seguirão para uma manifestação na Reitoria da Universidade.

“O ato foi aprovado na assembleia geral da categoria realizada no dia 18 de junho, foi uma das deliberações. Temos avançado e trabalhado muito neste tema para transformá-lo em realidade, ou seja, realmente implementar os turnos contínuos, nos setores onde forem necessários, sem redução de salário”, destacou a coordenadora geral do Sintuf, Leia de Souza Oliveira.

Leia também:  Governo mantém suspensa lista de preços mínimos para suínos até dezembro

Ela explicou que dois seminários para debater junto à administração esse tema já foram realizados. “Lançamos as peças da campanha, composta por folders, adesivos e cartazes. Solicitamos que nos ajudem a divulgar essas peças da campanha junto aos trabalhadores, gestores e usuários. Os trabalhadores de cada unidade terão um papel fundamental nesse processo”, ressaltou Leia.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.