Uma reivindicação antiga de 35 famílias do bairro Boa Esperança, que moram em uma área ocupada há mais de 10 anos podem estar perto de realizar o sonho de escriturar seus terrenos.

Tudo porque ao atendendo a um pedido do presidente da associação de moradores do bairro, o vereador Elton Mazette (PSC), intermediou a negociação entre a prefeitura, que enviou o procurador geral do município, Fabrício Miguel e o secretário de infraestrutura. Melquiades Neto, para entender e chegar a um acordo com as famílias.

O primeiro passo a ser tomado após a reunião será o desmembramento dos lotes e só após este passo é que poderá ser dado o prosseguimento do processo de escrituração dos lotes para cada família.

Leia também:  Pátio exagera e diz que bancada federal dá a vida por Rondonópolis

A área em questão foi invadida no final de 2003 e desde então as famílias vem lutando para regularizar a situação. “Fui convocado pela direção da associação de moradores para ajudar a resolver o problema. Tivemos uma boa recepção da prefeitura e acho que com boa vontade vamos resolver este problema que já se arrasta há uma década”, antecipa Mazette.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.