As atividades dos agentes penitenciários do estado de Mato Grosso – MT estão paralisadas por pelo menos 48h, a partir deste sábado (16). As visitas aos detentos também foram suspendidas. As informações são do Sindicato dos Servidores Penitenciários Estaduais (Sindspen), que requer uma perícia em todas as unidades prisionais do estado para que seja verificada a insalubridade de cada uma delas. Mata Grande é considerada uma das piores penitenciárias do estado no quesito de estrutura.

Conforme o presidente do sindicato, João Batista de Souza, a decisão ocorreu durante assembleia geral da categoria e a adesão da paralisação está ocorrendo em todas as 65 unidades prisionais espalhadas no estado, entre penitenciárias e cadeias públicas.

Leia também:  Com uma faca, suspeita entra em luta corporal com mulher no centro de Rondonópolis

Ainda de acordo com o presidente, um dos principais problemas enfrentados pelos servidores é a falta de estrutura em alguns presídios, superlotação e o risco de contaminação de doenças transmitidas pelos reeducandos. Segundo ele, muitos agentes estão com tuberculose, por exemplo, e tiveram que ser afastados para tratamento da doença.

Entre as piores, nesses quesitos, está a maior unidade do estado, a Penitenciária Central (PCE), em Cuiabá. Também citou como problemática a Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa, conhecida como Mata Grande.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.